terça-feira, 23 de agosto de 2011

Cultura Grega.


Inspirado e aceitando a dica dada pela Gabrielle com sua matéria sobre a mitologia celta, iremos dar início a uma série de postagens sobre aspectos históricos da antiguidade, mitologias e fatos importantes. Com o intuito de saber um pouco mais, estarei treinando, junto com vocês, meus parcos conhecimentos em história e adorarei complementos, correções e dicas dos próximos assuntos que eu poderei abordar nos comentários. São centenas de anos de tradições, mitos e epopéias que eu não poderei mencionar em meus pequenos posts, porém vale a pena ressaltar o quão importante e relevante é a história em nossa vida. Tenho que admitir que estou revisando para o ENEM também, logo, espero que compartilhem do meu estudo e me ajudem com ele. Outros membros de nossa equipe também participarão desse empreendimento. Agora leiam um pouco sobre a Grécia.

"A base do Ocidente". Essa é uma das melhores definições para utilizar quando falamos sobre este assunto. A Grécia é a mãe do que hoje temos por cultura ocidental e muitos dos seus aspectos críticos, sociais, políticos e filosóficos são os alicerces de nossa sociedade. Difundida devido as suas expansões (e futuramente das sucessivas invasões de seu território por diversos conquistadores) o conhecimento grego atingiu seu ápice, quando absorvida na época de ouro do Império Romano, que passou a difundir a cultura greco-romana pelo mundo conhecido. Outro momento que vale ressaltar é o período expansionista de Alexandre da Macedônia (que possui um filme intitulado "Alexandre", por que não né?), com sua cultura helênica (mistura da grega com aspectos das culturas diversas que conquistou).

Para começar, é necessário saber que a Grécia como a reconhecemos hoje (um Estado único) nem sempre foi assim. Cada arquipelágo/ilha/costa era ocupado por povos que possuíam diferentes modos de vida e de vez em quando resolviam guerrear para quebrar o marasmo (tinham os motivos de sempre: território, comida, riquezas... Independente de quão evoluído, o ser humano não toma jeito). As cidades-estados (Pólis) eram muitas e de suma importância para os "verdadeiros gregos" (falo os verdadeiros, pois em aspectos políticos, os estrangeiros, escravos e mulheres não podiam atuar).

Nestes locais ocorriam a vida comercial, espiritual (geralmente) e política. Berço das formas de governo, a Grécia conhecia e exercia (em certas Pólis) a democracia (demo = povo / cracia = governo), sendo a mais conhecida a aplicada em Atenas. Os habitantes (sendo estes "verdadeiros") votavam, discutiam e faziam propostas ao ar livre, que eram colocadas em pauta abertamente, sendo aceitas ou repudiadas. O homem era "um animal político"... Os gregos classificavam a política em formas "puras" e "impuras", sendo as puras: Monarquia, Aristocracia e Democracia e as impuras: Oligarquia, Tirania e Demagogia.

Conhecemos mais pormenorizadamente, talvez pela importância que estas tiveram, as duas principais cidades-estado: Atenas e Esparta. A primeira preservava a democracia com unhas e dentes, era uma das maiores comerciantes da região e um dos centros de saber no mundo. A segunda, com uma sociedade militarizada, vivia da guerra e considerava o comércio e outras atividades de menor importância. As crianças eram treinadas para serem guerreiras mortais e aqueles que não podiam suportar uma espada e um escudo eram excluídos da sociedade ou mortos. Vale ressaltar que a mulher em Esparta era bem mais valorizada que em Atenas, mesmo a última exercendo a sua "democracia", que não possuía o conceito que damos hoje.

Um filme relativamente atual e de grande repercussão em seu lançamento foi a adaptação para o cinema da Graphic Novel "300", que é uma boa diversão e veio do relato do historiador Heródoto (que era um pouquinho exagerado em suas descrições), e mostra visualmente o que foi denominada a "Batalha das Termópilas", na denominada 2° Guerras Médicas, onde, em uma das poucas ocasiões, os gregos se uniram contra um invasor externo, sendo este em específico o Império Persa. O filme mostra a frente de Esparta (romanceada obviamente, porque não daria um filme legal se fosse baseado apenas em fatos reais) que foi por terra e comandada pelo rei militar espartano Leônidas (Esparta tinha uma política peculiar, com dois reis, um militar e um religioso e vários níveis de poder, nunca excluindo a vontade do povo). Porém, ao mesmo tempo que os Espartanos comandavam a frente terrestre, os Atenienses comandavam as frotas gregas por mar (algo que não é mencionado no filme, por não ter relevância a trama). Nesta guerra, ocorreu uma das melhores respostas da história. Um mensageiro persa foi tentar convencer os espartanos a se entregarem sem lutar e prestarem vassalagem ao rei Xerxes, um dos argumentos que este usou foi: "Temos tantos arqueiros, "grego", que se todos eles disparassem ao mesmo tempo, as flechas cobririam o sol". O represetante espartano o olhou calmamente e respondeu: "Ótimo! Assim lutaremos na sombra."

Achei meio didático este post... Procurarei trazer algo em que possa brincar mais na próxima. Poderia escrever paragráfos e mais paragráfos sobre a história grega, porém ia ficar bem chato. Futuramente poderei falar um pouco mais sobre este povo de tão longa tradição e logo trarei a sua mitologia para cá. Espero que tenham gostado!

7 comentários:

Anônimo disse...

Poxa cara, que nerd. xD

Anônimo disse...

Vc poderia ter falado mais da mitologia, dos fatos surreais, não tô a fim de saber de história! Além disso, acho que não sou o único, muitos aqui também não estão.
Nós queremos o novo, queremos ver coisas incríveis sendo faladas, tipo a postagem aqui debaixo do Lins.
Da próxima tenta falar sobre mitologia invés de história. Poxa V.A, só foi essa gabriele entrar no blog que até as tuas postagens tão caindo. Béisso?!

Anônimo disse...

Temos que admitir que as postagens da gabrielle melhoraram de uns dias para cá. Mas comparado a postagem dela com a do V.A, eu ainda prefiro a dela. Mitologia é mais atrativo que história. E pelo amor de Deus, V.A, não queremos estudar o que vemos no colégio dentro de um blog que serve para descontrair.
Será que vc também está começando a pensar que quem decide o que vai entrar no blog ainda são vcs? Poxa, quem tem visitas não pode fazer os desejos próprios. Então, se liga no que a glr gosta de ler.

V.A.Magalhães disse...

Hum... Sério? Preciso explicar novamente? Lá vai:

1° Acho que vocês apenas leram o título do post... Caso tivessem lido, saberiam que o objetivo futuro é falar sobre a mitologia grega, queria dar uma introdução...

2° Eu intercalo posts "engraçados" e "novos" com de conhecimentos... Não vou deixar de fazer isso... Amigo, pra começar eu fiz duas postagens sobre Sucker Punch, antes e após ver o filme na época... Não me venha comparar com os outros autores do blog.

3° Se eu acho interessante falar para um público juvenil que irá prestrar ENEM daqui dois meses e isso não tem utilidade pra vc, que pena... Procurei ver seu ponto de vista e, caso tivesse lido o que escrevi, além do didático, indiquei bons filmes, mencionei uma passagem marcante e falei de características peculiares da sociedade da época... Se não gostou, poxa cara não sei como agradar...

4° Se tivesse lido, eu INFORMEI no último paragrafo que, mesmo com o que falei anteriormente,procurarei nas próximas trazer algo mais divertido e a mitologia que mencionaram acima...

Se for pra me criticar, pelo menos tenham base.

Obrigado

P.S. Respondi por educação... Não irei mais me dar ao trabalho de me explicar quando a critica for infudada.

Liliane Aurelino disse...

tinha que ser em anonimo né?esse povo só sabe criticar se for com uma máscara nacara.Bom,eu gostei muito do post porque gosto da cultura grega.Comparações são sempre desnecessárias.(Isso é para o anônimo)

Rafael Fontenele disse...

Assim,concordo com o V.A do blog...
kkkk'
mas assim,ele ta certo pow,se tivessem lido teriam visto tudo o que ele falou.HISTÓRIA dá prestígio cara.
Outra coisa,tem muita gente que cursa o 3° ano que vê o blog,isso é bom pro ENEM.
Outra coisa,se for pra criticar,critiquem no e-mail do blog,se for comparar os autores do blog facam no e-mail do blog.
Assim,sao pequenas acoes como estas que mostram a educacao que se tem.
Agradeco a todos que leram e concordam ou nao concordam!

P.S.:Respondi sem querer ser bruto ou grosso.
P.S.S.:SE NAO CONSEGUIMOS AGRADA-LO PERDOEM-NOS,POIS NEM JESUS AGRADOU A TODOS!

Rafael Fontenele disse...

TENHA DIGNIDADE MOSTRE SEU ROSTO E SEU NOME!

Postar um comentário