quarta-feira, 31 de agosto de 2011

"Skyline"? Está mais para "Skyshit".


Eu estava vindo de uma safra tão boa de filmes... Me emocionei com clássicos como "A Vida é Bela" e "Rain Man". Fiquei maravilhado no cinema com o filmão que é "Super 8", homenagem maravilhosa, além de ser um VERDADEIRO filme de ET's... Aí resolvi, ignorando todas as críticas negativas, meus amigos e com uma mente bem aberta, assistir "Skyline"... Para que? Eu ainda me pergunto...

Sinopse (aceitando a opinião de Fábio Brust): Um grupo de amigos curte uma festa até altas horas da madrugada. Mais tarde, quando todos dormiam, misteriosas luzes começam a descer do céu e, pior, passam a sugar as pessoas para estranhas espaçonaves. Os alienígenas chegam até o prédio deles e logo se descobre o poder dos extraterrestres quando um dos amigos é abduzido. Nas emissoras de rádio e televisão não existe mais ninguém e a sensação de isolamento só aumenta o medo. Diante do perigo que parece ameaçar toda a humanidade, o caminho é manter-se unidos para sobreviver diante das estranhas criaturas e dos terríveis ataques que não param de acontecer.

Não percam uma hora e meia de suas vidas assitindo essa bomba. Me escutem, por favor! Nunca vi um filme de invasão de ET's tão ruim em minha vida. O pior nem é o enredo, porque o modo como os bichos lá atuam é até interessante, o pior, são as atuações LIXO de atores que ninguém NUNCA viu. Caramba... Todos os fãs de filmes de ficção científica devem ter se contorcido de dor e desânimo quando viram esta porcaria.

SPOILERS (Leiam... Não vale a pena assitir mesmo)

Primeiro: Como assim eu faço um filme que o pau está comendo em Los Angeles, com ET's com luzinhas azuis do cão que ficam atraindo as pessoas e eu, em sã consciência, resolvo ficar com coleguinhas dentro de um prédio?!?

Segundo: Poxa meu irmão!!! Se o exército americano lança a droga de uma BOMBA NUCLEAR na nave mãe que cai no centro de L.A., como é que os mongoizinhos protagonistas, que resolveram espertamente ficar na droga do prédio, não morreram de uma vez devido a radiação, o calor exorbitante, a fumaça tóxica... Eu sei que é ficção, mas também não exageremos né meu! Pelo menos teria acabado com antecipação a tortura que se seguiu.

Terceiro: Que tipo de "vida inteligente" é essa, que vem ao planeta que pretende destruir/colonizar/tirar ondinha (porque na trama não sabemos o que os aliens querem...) e eu utilizo os CÉREBROS DE MEUS INIMIGOS para controlar os meus robôs? Só podia acontecer a idiotice que aconteceu no final mesmo... roteiristas malucos! Como dou vida a criaturas que possuem tecnologia suficiente para vir do seu planeta e se alimentar da gente, mas que não possuem NINGUÉM da sua raça que pelo menos diga: "Ei galera... Acho que vai dar m@#4a se os inimigos controlarem nossas armas!"

A única cena legal é quando o exército vem com um trilhão de aviões e tem um mais invocado, que você percebe que é importante, pois todos o escoltam (e porque tem um formato e cor diferentes). Então, as naves ET's tentam abater todos e o piloto do avião legal faz manobras maneiras e consegue lançar a bomba... Pronto. Acabou o tesão do filme. Tem mais umas cenas com os aliens gigantes, porém não são tão boas assim. Outro ponto positivo que vale ressaltar é o visual do filme, as naves e os seus "passageiros" são muito bem feitos... Mas nem só de efeitos um filme é desenvolvido.

Passem longe dessa bomba que dou nota 2,5... Ainda com muitas ressalvas.

P.S.: Irei escrever com menor frequência durante as próximas duas semanas (estou um pouco "atarefado demais"), mas logo volto ao meu ritmo normal. Os outros membros continuarão normalmente.

5 comentários:

Fabio Brust disse...

Nossa, quanto ódio de um filme só! :P
AEHUAEIHUAEIHUAEI
Acho que fiquei até curioso pra saber se é tão ruim assim, ou é exagero. É provável que seja ruim, mas tudo bem.
Só acho que você talvez poderia ter posto a sinopse do filme, pra crítica não parecer tão "solta", mas acho que dá pra entender, mesmo assim.
Ah, já que estou aqui, venho convidar você(s) do blog para me visitar na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, no dia 07/09, quando estarei autografando :D
Tá aí o convite: http://1.bp.blogspot.com/-AJc5VElCDYk/Tl7D7Wph5VI/AAAAAAAAATI/wJ5s1Q66H9Q/s1600/convitebienal.jpg
Desculpe pelo marketing! :P

Abraço!
Fabio Brust|fabiobrust.blogspot.com

Anônimo disse...

Concordo Victor, o filme é uma mer**.
Aconselho ninguém a assistir.

V.A.Magalhães disse...

Obrigado pela crítica Fábio e eu já a aceitei e coloquei a pedida sinopse.

Anônimo disse...

Precisam de cerebro para criar vida alien, e a pergunta é como consiguiram um cerebro antes de vir até a terra. Como disse Skyshit.

eduardo alien disse...

pessoal eu tambem so gostei da parte dos VANTS chegando e lançando o misel nuclear, mais cade tipo de bonba aucança uma certa distancia, e porque o exercito nao mandou mais VANTS, com misseis nucleares, e como pode um ser organico ser tar forte e quase imortal?

Postar um comentário