sábado, 25 de agosto de 2012

O lado obscuro da internet



Matéria enviada por Luciano Alves

Muita gente coloca coisas muito bizarras na internet. Coisas muito, muito ruins. E é o trabalho de alguém fazer com que as pessoas comuns não encontrem essas coisas. Só que trata-se de um trabalho horrível, e que naturalmente assusta boa parte de quem faz isso. O Buzzfeed conversou com um ex-funcionário da área, que contou sua história.
O ex-funcionário, que preferiu se manter anônimo, explica que o trabalho envolve passar horas e horas vendo conteúdos assustadores, como decapitações, pornografia infantil (até 15 mil imagens por dia), muito gore e fetiches extremos. Isso já é meio barra pesada pra muita gente. E foi o bastante para afetar profundamente o funcionário: "O Google arranjou alguém de uma agência federal para falar comigo, e foi quando eu percebi que precisaria de terapia. Ela me mostrou fotos de atividades aparentemente inofensivas (como um teste de Roschach modificado) e pedia minha primeira e mais visceral reação. Eu falava, tipo, "isso não vai acabar bem! E era apenas um pai e uma criança."
Esses funcionários só podem ficar no cargo durante um ano. Para sorte deles, já que eles podem ir embora e tentar esquecer o que aconteceu durante o período. E isso faz todo sentido, já que talvez mais de um ano - ou até mesmo mais de um mês! - trabalhando com isso seja algo extremamente péssimo para a saúde mental do funcionário.

Fonte: gamevicio

Nota: O lado obscuro da internet, também chamado de Deep Web é algo que aconselhamos não ser acessado ou conhecido.

Encontrou algo legal na internet e quer que a gente publique? Entre em contato pelo nosso e-mail (curiosoinovador@gmail.com) ou pelas nossas redes sociais.

3 comentários:

Suellen disse...

Zeus! Fiquei com medo!

Kel Costa disse...

Realmente, são coisas que se vistas por um longo período, acabam mesmo mexendo com o psicológico da pessoa. Não é um trabalho agradável rs
Achei o post bem interessante, já que não é uma coisa com a qual os internautas se preocupem, justamente por ter quem faça isso por nós.

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Davi C. disse...

Nossa muito interessante! :D

Postar um comentário