sábado, 25 de fevereiro de 2012

O que um homem pode fazer.

Shavarsh Karapetyan, um soviético que vocês precisam conhecer. Ele era nadador da União Soviética, ou melhor, o nadador

Em 1976, ele havia batido 11 recordes mundiais, ganhou 17 campeonatos mundiais, 13 vezes o campeonato de europeu e 7 da própria URSS. Então, no auge de sua carreira, aconteceu algo que ninguém imaginaria... 

Um certo dia, ele estava fazendo sua corrida matinal na Armênia, em 16 de setembro de 1976. Um ônibus, levando 92 passageiros, perdeu o controle e caiu na água afundando 10 metros. A maioria dos passageiros perdeu a consciência com o impacto. O trabalho de hércules começou aí.

Sem pestanejar, Karapetyan pulou na água escura e contaminada do rio e esmagou com suas pernas a janela do ônibus, iniciando o salvamento das vítimas. Mais de 20 minutos na água gélida e mais de 30 mergulhos foram feitos por ele. 20 vidas foram salvas, mesmo tendo conseguido puxar mais pessoas, algumas não conseguiram sobreviver. A cada mergulho, os que presenciaram a cena descreveram os pedaços de vidro presos por todo o seu corpo, devido à janela quebrada e a aparente insensibilidade do nadador para a dor. Ao puxar a trigésima pessoa para fora da água, ele perdeu a consciência devido ao esforço.

Sua bravura custou uma pneumonia, associada com uma infecção em sua corrente sanguínea. Por muito tempo os médicos acharam que ele morreria, ficou incosciente por 46 dias. Quando finalmente se recuperou, ele foi informado que nunca mais poderia competir.

Acham que terminou? Em 19 de fevereiro de 1985, aconteceu dele estar próximo de um prédio em chamas. Ele adentrou o mesmo e começou novamente a retirar as pessoas que lá estavam. Novamente passou muito tempo no hospital se recuperando das múltiplas queimaduras que sofreu.

Desde 1993, ele vem administrando uma loja de reparos de sapatos em Moscou, com o nome sugestivo de "Second Breath" ("Segunda Respiração", ao pé da letra).

"Sim, ainda acredito na humanidade."

2 comentários:

Suellen disse...

Nossa!!!!!!!!!!!!!!!!

O cara é o cara! Eu nem sei o que escrever...


Voltando!

Sandoval disse...

Que orgulho de saber que pessoas assim existam. Um verdadeiro Heroi

Postar um comentário