quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Resenha de "Filha do Mal".

"Como assim?" 

Esse foi o pensamento de todos que estavam na sessão de cinema, que presenciei ontem, do filme protagonizado por uma brasileira, chamado: "Filha do Mal".

A película trata de uma mulher que matou 3 membros da Igreja Católica em um ritual aplicado nela. Sua filha Issabella Rossi (Fernanda Andrade), quando cresce, resolve ir visitá-la no sanatório em que esta é mantida em Roma, próxima da jurisdição do Vaticano. Então, a trama se desenvolve sobre esta perspectiva, que acaba sendo perdida da metade do filme para o final, onde eles resolvem deixar o enredo original e sair distribuindo os "coisa-ruim" nos componentes da história, em uma tentativa frustrada de dar algum ritmo ao filme que havia se perdido há muito.

Baseado no gênero febre que ronda as telonas norte-americanas, de ser um filme-documentário, que deixam os espectadores apreensivos por serem "filmagens amadoras reais", este filme começa meio lento, o meio parece melhorar para quem gosta de filmes de exorcismo e o final... meus caros, eu acho que só pode ter acabado o orçamento, pois para um filme desta classe terminar com uma gargalhada coletiva daqueles que estavam assistindo... é porque algo definitivamente saiu errado.

Sinceramente, não sei como esta desgraça ficou em 3° colocado nas bilheterias do Brasil. O filme só foi bom para mim no quesito companhias, que foram bem divertidas para compensar o desastre que se desenrolava na tela, porque se você pretende "apreciar" sozinho isto, é melhor pensar mais e aplicar seu suado dinheirinho em algo melhor.

Passem longe desta que está mais para "filha dos filmes trash".

1 comentários:

R. S. Pereira disse...

Vixe, nem me fale desse filme! O inicio é bom,o meio também, faz até sentido e tal, dá muito medo em certas partes, mais o fim tirou todo o meu "tesão" no filme!

Finzinho mais HORRIVEL ESSE! Que Deus salve a alma de quem produziu esse fim! Kkkkkkkkkkkkk'

Fiquei segurando o xixi durante o filme inteiro, achei que no fim acabaria todo mijado... Acabou que quando vi o fim, o xixi desapareceu! Kkk' Mais o filme é bom!

Abraços,
R. S. Pereira - ZaaKar.com
http://zaakarcom.blogspot.com/

Postar um comentário